Projetos

Sociedade da Defesa dos Direitos Sexuais Da Amazônia – SODIREITOS

Amanajara

Pará

Objetivos e público alvo

A proposta da organização foi oferecer orientação e acolhimento aos familiares de mulheres desaparecidas em situação de tráfico – tratou-se de um dos eixos do projeto Amanajara, que também tem frentes para contribuir na implementação e monitoramento de Políticas Públicas e para fortalecer a sociedade civil organizada.

Atividades principais

  • Orientar e acompanhar familiares de mulheres desaparecidas com suspeita de situação de tráfico
  • Estabelecer parcerias com organizações internacionais
  • Capacitar agentes policiais

Contexto

Estima-se que cerca de 80% das vítimas de tráfico de pessoas em todo o mundo sejam mulheres. Apesar de não haver dados precisos sobre a situação do Brasil nesse cenário, as brasileiras fazem parte dessa estatística. Uma vez traficadas, elas se encontram numa situação de clandestinidade e vulnerabilidade. Não raro são ameaçadas e os vínculos com familiares são cortados, inclusive com os filhos, o que dificulta a identificação dessas vítimas e a denúncia dos seus algozes.

A Amazônica concentra rotas de tráfico de mulheres para exploração sexual. Além do mercado interno, essas mulheres são enviadas par Guianas e Suriname.

Sobre a organização

Tem como missão difundir uma cultura de defesa dos direitos sexuais e de enfrentamento ao tráfico de pessoas na Amazônia brasileira, a partir da garantia dos direitos humanos. A organização contribui para a implantação e o monitoramento de políticas públicas para o combate desse crime, presta atendimento às vítimas e aos seus familiares e coordenou uma pesquisa trinacional sobre a rota de tráfico de pessoas nos países no Brasil, Suriname e Republica Dominicana.

Parcerias

Cordaid

Resultados

A entidade atendeu diversos familiares de pessoas desparecidas em situação suspeita de tráfico; organizou um encontro binacional com entidades governamentais e não governamentais de Suriname e estabeleceu parceiras para procurar pessoas desaparecidas; a secretaria de Estado de Justiça e Direitos Humanos publicou o guia elaborado pela entidade sobre migração segura para Suriname e Guiana Francesa. O grupo considera ter avançado também no sentido de construir pontes institucionais para facilitar ao trabalho em rede contra o tráfico de pessoas.

Linha de Apoio

Edital Anual

Ano

2008

Valor doado

R$ 25 mil

Duração

12 meses

Temática principal

Enfrentamento ao tráfico de pessoas e ao trabalho escravo

Ajude a transformar o país!
Colabore com nosso trabalho!

DOE AGORA

Projetos

Conheça os projetos apoiados pelo Fundo Brasil

Saiba mais