Projetos

Instituto Universidade Popular – UNIPOP

Agência jovem de notícias "Jovens Comunicador@s da Amazônia"

Pará

Objetivos e público alvo

Possibilitar a criação de uma agência de notícias voltada ao tema do extermínio de jovens, em especial jovens pobres e negros. A agência será formada por adolescentes e jovens que viveram processos nas áreas da comunicação e mobilização, já desenvolvidos ou em desenvolvimento pela Unipop.  A agência será espaço de troca, incidência política e ressonância das manifestações públicas (caminhadas, atos públicos, manhãs culturais, audiências públicas na Câmara Municipal e Assembleia Legislativa) que os adolescentes e jovens organizam.

Atividades principais

  • Oficinas formativas: momento voltado para produção de textos e de linguagens midíaticas.
  • Mapeamento das iniciativas nas comunidades para produção das matérias e socialização nas redes sociais.
  • Planejamento, realização e avaliação de três atos de mobilização contra extermínio da juventude negra nas comunidades/cidades.
  • Monitoramento e avaliação do percurso vivenciado.
  • Organização, articulação e realização de uma audiência pública na Assembleia Legislativa abordando o problema do extermínio de jovens negros.

Contexto

O cenário político marcado pela corrupção e austeridade fiscal, aliado à elevada desigualdade social e à política ambiental excludente na Amazônia, teve impacto direto no público com o qual Unipop atua, em especial jovens negros moradores da periferia e à margem de direitos. O predomínio da lógica de mercado, em detrimento de políticas públicas que invistam no desenvolvimento humano, deixa as juventudes à mercê de uma sociabilidade negativa estruturada pela criminalidade, exploração sexual e tráfico de drogas, que tem se tornado um grande atrativo e até alternativa de renda, sendo muitas vezes a única possibilidade para sobrevivência individual e até coletiva. Como alternativa frustrada de reduzir e combater os altos índices de violência crescente entre os jovens, crescem ideias conservadoras como a redução da maioridade penal e o extermínio da juventude, que cada vez mais tem sido vítimas de chacinas, como ocorreu em nov/2014, no bairro da Terra Firme, em Belém.

Sobre a organização

Com 28 anos de existência, o Unipop é uma entidade de formação para a cidadania ativa, ecumênica, de educação popular, cujo princípio metodológico básico está no pluralismo político, de gênero, cultural e religioso.  Desde 1998 desenvolve ações com o segmento juvenil em bairros periféricos da região metropolitana de Belém e Ilha de Cotijuba, envolvendo jovens ribeirinhos. Desde 2009 atua também nas regiões de Marabá e Santarém, contribuindo para a formação dos jovens e para a construção e fortalecimento de redes de juventudes.

Parcerias

Abong.

Reju.

Renajoc.

FSPA.

FAOR.

Fórum DCA.

Fórum Municipal de Cultura.

Resultados

Foram realizadas atividades como o mapeamento das iniciativas nas comunidades para produção de matérias e socialização nas redes sociais; planejamento, realização e avaliação de atos de mobilização contr ao extermínio da juventude negra; organização, articulação e realização de audiência pública; monitoramento e avaliação do percurso vivenciado.

Linha de Apoio

Violência contra a juventude (2016)

Ano

2016

Valor doado

R$ 40 mil

Duração

12 meses

Temática principal

Direitos das Juventudes

Ajude a transformar o país!
Colabore com nosso trabalho!

DOE AGORA

Projetos

Conheça os projetos apoiados pelo Fundo Brasil

Saiba mais