Projetos

Conselho das Associações e Cooperativas do Médio e Baixo Madeira – CONACOBAM

A voz e a vez dos ribeirinhos

Rondônia

Objetivos e público alvo

O projeto “A voz e a vez dos ribeirinhos” visa criar condições para qualificar a atuação do Conselho das Associações e Cooperativas do Médio e Baixo Madeira para o diálogo e negociações com os órgãos públicos e com as usinas hidrelétricas de Santo Antônio e Jirau (RO), buscando a defesa dos direitos de ribeirinhos e as devidas compensações socioambientais em decorrência dos impactos provocados pelos empreendimentos do PAC na

Atividades principais

  • Realização de encontros com o conjunto das associadas para avaliação do desenvolvimento das negociações com as usinas e governos, e indicação de novas questões e prioridades.
  • Organização de reuniões mensais do conjunto da diretoria do CONACOBAM para discussão e encaminhamentos acordados coletivamente.
  • Participação em todas as reuniões de monitoramento das compensações socioambientais.
  • Encaminhamento e monitoramento das demandas/reivindicações das comunidades ribeirinhas e associadas, por meio de visitas e contatos regulares com os órgãos públicos e privados de Porto Velho.
  • Sistematização de informações para divulgação para as associadas e produção de documentos de apoio ao monitoramento.

Contexto

As comunidades ribeirinhas ao longo do rio Madeira, embora façam parte do município de Porto Velho, vivem isoladas e com baixo acesso as políticas e serviços públicos, possuindo condições de vida precárias.

O processo de construção das usinas hidrelétricas Santo Antônio e Jirau no rio Madeira estimulou a formação de associações comunitárias na região que lutam pelas compensações socioambientais e por maior espaço de diálogo com os governos do Estado e Municipal.

Em 2006, 13 grupos se mobilizaram para criar o Conselho das Associações e Cooperativas do Médio e Baixo Madeira, visando negociar diretamente com os órgãos públicos e empresas benefícios para a melhoria da qualidade de vida das comunidades ribeirinhas.

Hoje, o Conselho enfrenta o desafio de qualificar sua atuação para dar o apoio às associadas que possuem dificuldades de comunicação, mobilidade, acesso à informação e compreensão das dinâmicas administrativas e políticas necessárias a articulação de apoios e parcerias que resultem em melhorias às suas comunidades.

Sobre a organização

A CONACOBAM representa e apoia 32 associações comunitárias de moradores, produtores, extrativistas e pescadores da região do Médio e Baixo Madeira em Porto Velho na defesa dos interesses coletivos e de seus direitos, contribuindo para fortalecer a organização comunitária e a participação no desenvolvimento sustentável da região, em harmonia com o meio ambiente e respeito à cultura ribeirinha.

Resultados

O projeto possibilitou a estruturação de cadeias produtivas e capacitação. Foram realizadas reuniões e visitas a pequenos agricultores e coletores de castanha.

Linha de Apoio

Edital Anual

Ano

2013

Valor doado

R$ 39.838,00

Duração

12 meses

Temática principal

Direitos das populações quilombolas e tradicionais

Ajude a transformar o país!
Colabore com nosso trabalho!

DOE AGORA

Projetos

Conheça os projetos apoiados pelo Fundo Brasil

Saiba mais