Projetos

Centro de Estudo Afro-Brasileiro Ironides Rodrigues

Terreiros legal: O povo de santo conhecendo e garantindo seus direitos

Rio de Janeiro

Objetivos e público alvo

O projeto tem como objetivo informar e treinar os sacerdotes e praticantes das religiões de matriz africana sobre os aspectos legais relacionados ao exercício do direito à liberdade de crença e de religião garantidos pela Constituição Brasileira. Pretende também sensibilizar os representantes das carreiras jurídicas, públicas ou privadas, e da administração pública para os direitos e garantias das pessoas pertencentes às Comunidades de Terreiro, contribuindo para a construção de uma real democracia religiosa no Brasil e colaborando no combate às diversas formas de intolerâncias e discriminação.

 

Atividades principais

  • Elaboração de folders, banners, vídeos e páginas em redes sociais abordando às temáticas dos projetos. 
  • Realização de encontros que abordarão temas relacionados aos direitos humanos às questões jurídicas cotidianas da prática religiosa.
  • Realização de uma mesa de negociação contando com a participação de lideranças de terreiros, juízes, Ministério Público, OAB.
  • Registro fotográfico e filmagem das atividades realizadas.

Contexto

O imaginário social e as representações negativas sobre as religiões afrobrasileiras tem contribuído para o acirramento de conflitos em diversos espaços como a escola e o trabalho. Na área da saúde, por exemplo, pode-se observar as dificuldades do Programa de Saúde da Família em garantir o atendimento às pessoas que vivem dentro dos terreiros. 

No campo da comunicação, é perceptível o fortalecimento do imaginário negativo sobre os terreiros, com ataques a essa tradição e ênfase na sua desvalorização.

Os terreiros são considerados espaços de resistência cultural negra, e seus iniciados ainda sofrem com o racismo, estigma e preconceitos, colocando-os em situação de vulnerabilidade social.

Sobre a organização

O Centro de Estudos Afro Brasileiro Ironildes Rodrigues visa combater o racismo, o sexismo e todas as formas de intolerâncias; valorizar e potencializar os saberes dos terreiros e o reconhecimento destes como espaços promotores de educação, cultura, saúde, geração de renda e direitos humanos; monitorar e intervir nas políticas públicas exercendo o controle social.

 

Parcerias

A organização se articula por meio da Rede Nacional de Religiões Afro-Brasileiras e Saúde.

 

 

Resultados

Foram elaborados materiais educativos e de comunicação, realizado encontros para informar sobre aspectos legais relacionados ao exercício do direito à liberdade de crença e de religião e instrumentalizar o povo de terreiro para o exercício da cidadania e combate à intolerância religiosa.

Linha de Apoio

Edital Anual

Ano

2014

Valor doado

R$ 40 mil

Duração

8 meses

Temática principal

Enfrentamento ao racismo

Ajude a transformar o país!
Colabore com nosso trabalho!

DOE AGORA

Projetos

Conheça os projetos apoiados pelo Fundo Brasil

Saiba mais