Projetos

Associação de Mulheres da Mata Amazônica do Sudeste Paraense – AMMASP

Projeto Liberdade – Formação e Capacitação para Mulheres Camponesas

Pará

Objetivos e público alvo

Promover a autonomia das mulheres camponesas do sudeste do Pará, potencializar a articulação e o protagonismo organizativo na construção de um projeto de desenvolvimento sustentado. Instrumentalizar as mulheres para que contribuam na organização comunitária e na gestão do empreendimento agrícola, atuando diretamente na definição e na discussão de políticas públicas voltadas para agricultura familiar com enfoque agroecológico e na economia solidária.

Atividades principais

  • Cursos de artesanatos nos municípios de Tucuruí, Baião, Breu Branco e Pacajá
  • Curso de produção e cuidados de viveiros de mudas

Contexto

O trabalho das mulheres no campo era e ainda é definido como “ajuda”. Esse conceito encerra uma carga histórica e social orientada pelas relações desiguais entre os gêneros no conjunto da sociedade e, em especial, no campo. A desvalorização da mulher e do seu trabalho é uma constante nas relações familiares e nos espaços públicos. A contribuição das mulheres camponesas na esfera econômica é pouco valorizada, o que tem dificultado a sua participação nos espaços de discussão e definição de políticas públicas.

Sobre a organização

Fundada em dezembro de 2008, a AMMASP integra e representa outras associações e grupos de mulheres, de forma a promover intercâmbio entre as camponesas dos municípios do sudeste paraense na luta por melhores condições de vida, de trabalho e de um desenvolvimento humano sustentável no campo. As atividades desenvolvidas pela entidade envolvem mulheres de quatro municípios, como oficinas e seminários com foco na diversificação da produção agrícola, no não uso de agrotóxicos e insumos, na alimentação alternativa, na conscientização sobre a violência contra mulheres, em políticas publicas para as mulheres, entre outros temas.

Parcerias

Comissão Pastoral da Terra

Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (SENAR)

Resultados

Foram promovidos cursos de artesanato com uso de matéria-prima dos próprios assentamentos (cipós, guarimã, cascas, folhas, sementes e flores) onde vivem as mulheres camponesas beneficiadas, além de cursos de pintura em tecido. O projeto também transmitiu informações sobre olericultura e implantação de viveiros de mudas.

Linha de Apoio

Edital Anual

Ano

2010

Valor doado

R$ 20.000,00

Duração

12 meses

Temática principal

Direitos das mulheres

Ajude a transformar o país!
Colabore com nosso trabalho!

DOE AGORA

Projetos

Conheça os projetos apoiados pelo Fundo Brasil

Saiba mais